Início Mundo Piscina Piscina de alta performance de Londres

Piscina de alta performance de Londres

3 minutos de leitura.

Quem assiste às competições olímpicas na TV talvez não leve em consideração a presença sutil da tecnologia e da ciência nas piscinas olímpicas.

Uma das piscinas mais avançadas neste aspecto é a piscina do Centro Aquático de Londres, construído especialmente para as olimpíadas.

Com base no conhecimento científico, engenheiros foram capazes de criar uma piscina que permite que os atletas possuam um desempenho melhor, sendo mais rápidos do que em piscinas comuns.

Não crê? Vamos explicar…

Piscina de alta performance

Piscina de alta performance de LondresPara entender exatamente como esta piscina aumenta o rendimento dos atletas, precisamos pensar nas pequenas ondulações que são geradas quando qualquer coisa se move dentro da água.

Imagine as ondas formadas pela queda de pedras na piscina… É destas pequenas ondas que estamos falando.

Apesar de, à primeira vista, parecer irrisório, na natação de grandes atletas cada milissegundo conta!

Em um evento de natação como as olimpíadas, esse efeito é muito mais potente por causa das braçadas e dos movimentos das pernas dos atletas.

Todas as ondas geradas pelos competidores tornam a piscina mais turbulenta e assim o nadador acaba tendo o seu desempenho influenciado.

Em Londres, a piscina foi construída pensando em mitigar este problema.

Diversas medidas foram tomadas para absorver ou dissipar essas ondas, diminuindo a turbulência do meio em que os competidores nadam.

A piscina de alta performance de Londres

Piscina rápida de LondresPara começar, a piscina possui três metros de profundidade, o que faz com que essas ondas percam a força antes de reverberar no fundo dela.

Além da profundidade, as bordas da piscina também possuem cavidades que ajudam a dissipar as ondas criadas pelos usuários da piscina. (Aparentemente a forma certa de limpar a borda da piscina não se aplica por lá…)

Para completar, os limites de cada raia da piscina são definidos com peças plásticas que giram quando atingidas pelas ondas, fazendo, assim, com que a energia delas seja reduzida.

São pequenos detalhes que tornam a água da piscina menos agitada e proporciona um ambiente mais justo para todos competidores, já que a turbulência pode ser sentida de maneira diferente por quem nada no meio ou na lateral da piscina.

Depoimento dos que nadaram na piscina

Competição em piscina de alta performance de LondresO Centro Aquático do Parque Olímpico de Londres foi aprovado de maneira unânime por atletas e treinadores que participaram dos campeonatos por lá.

O Campeonato Britânico de Natação foi a oportunidade que os atletas tiveram para conhecer a piscina onde seriam realizadas as provas dos Jogos Olímpicos de Londres.

Os nadadores que competiram elogiaram a qualidade da piscina e de toda a estrutura do local. Segundo eles não resta dúvida de que vários recordes olímpicos seriam quebrados naquelas olimpíadas.

“É uma piscina realmente bem rápida. Três metros de profundidade é bastante coisa, você flutua muito mais na água. Acredito que inúmeros recordes vão cair aqui porque essa piscina ajuda bastante”, disse o sul-africano Darren Murray.

“Não só o complexo, mas também a torcida, tudo aqui foi brilhante” disse o nadador inglês Antony James. Segundo ele “você percebe que essa piscina é bem rápida. Dá para sentir quando uma piscina é mais veloz que as outras e essa é provavelmente a melhor que já nadei até hoje.”

Kristina Neves, que nadou as provas de 400 m medley, também disse ter se impressionado. “A piscina chega a intimidar porque é muito grande. Mas gostei, está aprovada”.

Os brasileiros que participaram do evento-teste gostaram do que viram e concordaram que este poderia ser um palco para grandes provas. “É um Centro Aquático maravilhoso, perfeito para dar os melhores tempos da vida”, disse Alessandra Marchioro.

E você aí pensando que as piscinas são simples reservatórios de água…

Se ficou alguma dúvida, utilize o campo de comentários para iniciar a discussão. Estamos sempre prontos para a conversa!

Para acompanhar nosso conteúdo, adicione nosso site aos seus favoritos e não se esqueça de contar para os seus amigos nas redes sociais!

O conteúdo desta página é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Crime de violação de direito autoral – artigo 184 do Código Penal – Lei 9610/98 - Lei de direitos autorais.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Favor inserir seu comentário!
Favor inserir seu nome aqui.