Início Mundo Piscina Tratamento de Piscina Ultravioleta para tratamento de piscinas

Ultravioleta para tratamento de piscinas

7 minutos de leitura.

O uso da luz ultravioleta para desinfetar água não é novo. Na realidade, na década de 1990 os raios UV já eram testados como um possível sistema de sanitização para obtenção de água potável em países subdesenvolvidos.

A luz ultravioleta para tratamento de piscinas também é muito valioso já que elimina algas e bactérias da piscina elevando o padrão de limpeza da água a pontos dificilmente alcançáveis com a adição manual de cloro líquido ou granulado.

Nesta publicação você vai entender como a desinfecção ultravioleta age na água da piscina, como são esses equipamentos, como eles são instalados, qual a mudança que eles provocam na água e principalmente como é feita a limpeza da piscina depois de instalar um dispositivo de desinfecção ultravioleta.

O desafio da limpeza da piscina

Quem acompanha nossas publicações já sabe que, para ter uma piscina sempre cristalina e saudável, é preciso cuidar de três pilares: a filtração, a circulação e a desinfecção.

Esse último diz respeito à eliminação de microrganismos que normalmente se multiplicam na água da piscina. Nessa guerra contra esses inimigos invisíveis, se você começa a perder, você tem problemas como a água leitosa e opaca ou mesmo com a água esverdeada.

O desafio é controlar e, na medida do possível, eliminar algas, bactérias, fungos, vírus e outros germes que podem causar várias doenças aos usuários da piscina.

Para manter a água limpa, é preciso lidar com a união dos subprodutos do cloro com os elementos presentes na água. Se você é tratador de piscinas, ou acompanha nossas publicações, já deve ter sacado que eu me refiro às cloraminas.

Se não sabe do que se trata, acesse o dicionário da piscina e veja o item “Cloramina”. Para resumir, é o composto responsável pelo forte cheiro de cloro na piscina.

O poder de desinfecção da luz ultravioleta

Quando falamos do uso sanitário da luz ultravioleta, é preciso dizer que ela se divide em 3 tipos:

  • UVA, conhecida como luz negra ou ultravioleta de onda longa;
  • UVB, conhecida como ultravioleta de onda média;
  • UVC, conhecida como luz germicida ou ultravioleta de onda curta.

A aplicação da luz UVC na desinfecção da água começou a ser usada por um cientista da Califórnia chamado Ashok Gadgil que percebeu que, mergulhando uma lâmpada emissora de raios ultravioleta do tipo C num recipiente com água, essa água se tornava própria até mesmo para o consumo humano.

“Essa luz ultravioleta transforma água suja em água própria para beber!”

O equipamento ultravioleta usado na piscina

Se esse germicida é capaz de produzir água pra gente beber, por que não usar na piscina, certo?

Hoje em dia diversas empresas já desenvolveram equipamentos que permitem a aplicação desse poder germicida do ultravioleta tipo C para desinfetar a água de piscinas.

Muita gente chega através dos comentários aqui no blog perguntando se o equipamento de ultravioleta de uma marca ou outra realmente funciona. A resposta é simples:

Sim! a aplicação de raios uvc na piscina funciona bem demais!

Independente do fabricante do equipamento, a desinfecção ultravioleta para piscinas sempre funciona.

O que você precisa observar é a durabilidade da lâmpada emissora dos raios UVC. Aqui é possível fazer uma analogia com lâmpadas do farol do seu carro, ou mesmo com lâmpadas da sua casa… Você compra lâmpadas do seu vizinho ou procura marcas consolidadas no mercado?

Pois é! É preciso contar com empresas sérias pois a durabilidade da lâmpada pode variar enormemente e, por razões óbvias, a desinfecção UVC não funciona se a sua lâmpada queimar!

Como funciona a ultravioleta em piscinas

A aplicação da ultravioleta para tratamento de piscinas é simples. Basicamente o que os fabricantes fazem é construir um compartimento semelhante a um tubo com uma lâmpada em seu interior.

Ao passar pelo equipamento com a lâmpada ligada, os microrganismos patogênicos são eliminados e a água retorna para a piscina livre de qualquer contaminação microbiológica.

É quase uma mágica!

Os raios UVC são fatais para microrganismos causadores de doenças como pneumonia, gripe, cólera e tuberculose. Comprimentos específicos de onda destroem diretamente o DNA desses patógenos tornando impossível a multiplicação desses “bichinhos”.

Com ultravioleta posso parar de usar cloro?

Um retumbante “NÃO”, seguido da explicação…

Os equipamentos de desinfecção ultravioleta realizam a limpeza da água que passa pela casa de máquinas, afinal, é ali que ele é instalado e a sua lâmpada só atinge o seu interior.

Sendo assim, ainda que você mantenha o tempo correto de filtração da piscina, ninguém garante que toda a água da piscina entrará em contato com os raios ultravioleta.

Este tipo de sistema age pontualmente no interior da casa de máquinas e conta com uma circulação eficiente para agir em toda a água da piscina. Contudo, ele não produz um residual de proteção.

Em outras palavras: se você despejar um copo com água contaminada na piscina, somente com o sistema UVC, você teria que esperar toda contaminação passar pela luz ultravioleta para poder utilizar a piscina. E, na realidade, NINGUÉM PODERÁ TE GARANTIR QUANDO ISSO ACONTECERÁ!

Por isso é importante um residual de proteção!

Coloque o cloro na jogada e vai entender como as coisas mudam…

Se jogar o mesmo copo de água contaminada na piscina e ela estiver com cerca de 2 PPM de cloro livre, você poderá continuar usando a piscina tranquilamente, afinal, o residual de cloro funciona como uma proteção ativa eliminando todos os contaminantes que entrarem em contato com a água.

O que muda numa piscina com desinfecção ultravioleta

Quando você instala o sistema de desinfecção ultravioleta, a primeira coisa que deve perceber é a intensa cristalinidade que a água adquire.

É como se você estivesse sempre fazendo um tratamento de choque na piscina. Ela fica com aquele aspecto de água paradisíaca que a gente só vê nas propagandas de TV e em fotos com filtros do Instagram. 🙂

Uma outra coisa que você deve perceber depois ter o tratamento ultravioleta na piscina é a redução da quantidade de cloro que se faz necessária para garantir a desinfecção da piscina.

Piscinas com ultravioleta podem economizar mais de 90% do volume de cloro normalmente utilizado.

Além de ser uma grande economia, é um salto na direção da paz de espírito, afinal, adicionar menos cloro para ter bons resultados reduz o risco de se equivocar na medida e diminui também a gravidade dos dias em que você simplesmente esquecer de colocar cloro na piscina.

Como instalar o sistema UVC para tratamento de piscinas

Antes de mais nada, tenha em mente que a instalação da desinfecção UVC na sua piscina deve ser feita por um profissional que conheça as normas de instalação de produtos de baixa tensão, disponíveis na NBR 5410.

Outro ponto importante antes de instalar o sistema é verificar o aterramento. Se não houver um aterramento na rede, deve-se instalar de uma haste de aterramento eficiente de acordo com essa mesma NBR.

O aparelho de desinfecção uv deve ser instalado em local coberto e arejado e a entrada de energia 220V dele deve estar ligada em paralelo com a alimentação da motobomba, ou seja, sempre que a motobomba for acionada, ele será acionado junto.

Além do aterramento, também se faz obrigatória a instalação de um disjuntor residual com sensibilidade de 30mA.

A ideia é que todo volume de água da piscina entrar em contato com a luz ultravioleta ao menos uma vez por dia. Quanto mais vezes a água da piscina passar pelo equipamento em funcionamento, maior será seu poder de desinfecção.

O equipamento de ultravioleta deve ser instalado sempre na tubulação de retorno da piscina.

A vazão do sistema de filtração da piscina deve ser menor que a capacidade máxima do produto sob o risco de criar vazamentos pelo excesso de pressão ou de prejudicar o poder desinfecção do equipamento.

Instalação da UVC na piscinaDúvida com relação à UVC para piscinas?

Se ficou alguma dúvida com relação ao uso da luz ultravioleta no tratamento de piscinas, deixe pra gente no campo de comentários abaixo. A comunidade está sempre pronta para conversar e debater acerca de todo tipo de assunto relacionado às piscinas.

É aquela história: apesar da vida corrida na Agência Sete Clave e nos meus outros projetos, eu sigo tentando responder os comentários aqui.

Se gostou e quiser agradecer meu trabalho, temos uma campanha de financiamento coletivo começando a engatinhar. Você pode participar, mas só se você quiser, ok?

Grande abraço e até a próxima!

O conteúdo desta página é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Crime de violação de direito autoral – artigo 184 do Código Penal – Lei 9610/98 - Lei de direitos autorais.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Favor inserir seu comentário!
Favor inserir seu nome aqui.